Como o RH pode reter talentos?

Uma das atividades do profissional de RH é reter talentos, visando que todo o investimento feito pela empresa na preparação do colaborador traga resultados expressivos.

No entanto, vários fatores atuam para que um profissional perca o interesse em se manter na empresa. E cabe ao RH a tarefa de observar esses fatores e atuar preventivamente.

De modo que seja possível minimizar os riscos de perder bons profissionais, possibilitando que a empresa tenha baixo turnover.

Quer aprender como atuar para reter talentos em sua empresa? Então confira algumas dicas práticas e simples de implementar.

4 maneiras simples de reter talentos na empresa

Reter talentos não é tão simples quanto pode parecer, mas algumas dicas tornam a atividade mais fácil, como:

1.  Entenda o motivo das últimas saídas

Uma das responsabilidades do RH é fazer a entrevista demissional, no processo é importante entender o que fez o colaborador pedir demissão.

É indispensável ter essas informações, com o objetivo de compreender a dinâmica da empresa e entender o que pode ser adotado para minimizar futuras perdas.

Se os últimos profissionais apontam que o ambiente laboral é prejudicial, que existe falta de progressão na carreira, é hora de fazer ajustes.

Entender a motivação dos colaboradores é, sem dúvidas, um dos fatores importantes para evitar futuras perdas.

2.      Ofereça oportunidade de crescimento

Nenhum profissional deseja se manter na carreira exatamente igual ao longo de vários anos. Isso desmotiva a equipe e prejudica o crescimento da empresa.

É necessário adotar como hábito o planejamento da carreira, oferecendo oportunidades para seus colaboradores. De modo que exista motivação em busca da próxima promoção e todos atuem com motivação.

3.  Melhore a cultura organizacional

A empresa não pode ser um local onde o colaborador se sente desvalorizado, prejudicado pelos colegas ou exigido em excesso pelos superiores.

É fundamental que sua equipe tenha apoio, bons profissionais e possa ter harmonia na equipe. O ambiente laboral desagradável é um dos principais fatores que desencadeiam pedido de demissão.

Portanto, vale a pena investir constantemente no acompanhamento e em ações para melhorar o ambiente laboral, trazendo benefícios para toda a equipe.

Quando os profissionais se sentem respeitados, acolhidos e incentivados a tendência é que os bons resultados comecem a aparecer na dinâmica da empresa.

4.  Ofereça benefícios personalizados

Vale transporte, plano de saúde, pagamento de uma parte dos estudos de pós graduação ou cursos livres, vale refeição, são benefícios que diferenciam a empresa.

Além de agregar no salário final, esses benefícios quando são personalizados de acordo com a demanda do profissional melhoram a satisfação com a empresa.

Remunerar adequadamente é, sem dúvidas, um dos fatores que desencadeiam facilidade na retenção de talentos.

Afinal, todo profissional que estuda e trabalha com afinco deseja ter uma remuneração adequada para que possa se sentir valorizado.

O RH deve desenvolver ações contínuas na busca de resultados

O RH deve trabalhar diariamente na busca de estratégias e implementação visando a retenção de talentos.

Esse não é o tipo de trabalho que pode ser feito de forma pontual. A retenção de talentos requer uma política que é continuamente reforçada no cotidiano da empresa.

O profissional de RH que tem pouca experiência ou sente dificuldade com algumas de suas funções, deve continuar investindo na própria carreira para que adote as posturas adequadas visando melhorar a empresa.

A formação em cursos práticos como o RH na Prática possibilita que o profissional aprenda e implemente melhorias no cotidiano da empresa. Seja por oferecer mais conhecimento prático ou por contribuir para a atualização das práticas que o profissional vem adotando.

Por ser um material focado na parte prática, o curso agrega no cotidiano e oferece inúmeros benefícios para sua carreira.

Fonte: Jornal Contábil.

Como o RH pode reter talentos?

Uma das atividades do profissional de RH é reter talentos, visando que todo o investimento feito pela empresa na preparação do colaborador traga resultados expressivos.

No entanto, vários fatores atuam para que um profissional perca o interesse em se manter na empresa. E cabe ao RH a tarefa de observar esses fatores e atuar preventivamente.

De modo que seja possível minimizar os riscos de perder bons profissionais, possibilitando que a empresa tenha baixo turnover.

Quer aprender como atuar para reter talentos em sua empresa? Então confira algumas dicas práticas e simples de implementar.

4 maneiras simples de reter talentos na empresa

Reter talentos não é tão simples quanto pode parecer, mas algumas dicas tornam a atividade mais fácil, como:

1.  Entenda o motivo das últimas saídas

Uma das responsabilidades do RH é fazer a entrevista demissional, no processo é importante entender o que fez o colaborador pedir demissão.

É indispensável ter essas informações, com o objetivo de compreender a dinâmica da empresa e entender o que pode ser adotado para minimizar futuras perdas.

Se os últimos profissionais apontam que o ambiente laboral é prejudicial, que existe falta de progressão na carreira, é hora de fazer ajustes.

Entender a motivação dos colaboradores é, sem dúvidas, um dos fatores importantes para evitar futuras perdas.

2.      Ofereça oportunidade de crescimento

Nenhum profissional deseja se manter na carreira exatamente igual ao longo de vários anos. Isso desmotiva a equipe e prejudica o crescimento da empresa.

É necessário adotar como hábito o planejamento da carreira, oferecendo oportunidades para seus colaboradores. De modo que exista motivação em busca da próxima promoção e todos atuem com motivação.

3.  Melhore a cultura organizacional

A empresa não pode ser um local onde o colaborador se sente desvalorizado, prejudicado pelos colegas ou exigido em excesso pelos superiores.

É fundamental que sua equipe tenha apoio, bons profissionais e possa ter harmonia na equipe. O ambiente laboral desagradável é um dos principais fatores que desencadeiam pedido de demissão.

Portanto, vale a pena investir constantemente no acompanhamento e em ações para melhorar o ambiente laboral, trazendo benefícios para toda a equipe.

Quando os profissionais se sentem respeitados, acolhidos e incentivados a tendência é que os bons resultados comecem a aparecer na dinâmica da empresa.

4.  Ofereça benefícios personalizados

Vale transporte, plano de saúde, pagamento de uma parte dos estudos de pós graduação ou cursos livres, vale refeição, são benefícios que diferenciam a empresa.

Além de agregar no salário final, esses benefícios quando são personalizados de acordo com a demanda do profissional melhoram a satisfação com a empresa.

Remunerar adequadamente é, sem dúvidas, um dos fatores que desencadeiam facilidade na retenção de talentos.

Afinal, todo profissional que estuda e trabalha com afinco deseja ter uma remuneração adequada para que possa se sentir valorizado.

O RH deve desenvolver ações contínuas na busca de resultados

O RH deve trabalhar diariamente na busca de estratégias e implementação visando a retenção de talentos.

Esse não é o tipo de trabalho que pode ser feito de forma pontual. A retenção de talentos requer uma política que é continuamente reforçada no cotidiano da empresa.

O profissional de RH que tem pouca experiência ou sente dificuldade com algumas de suas funções, deve continuar investindo na própria carreira para que adote as posturas adequadas visando melhorar a empresa.

A formação em cursos práticos como o RH na Prática possibilita que o profissional aprenda e implemente melhorias no cotidiano da empresa. Seja por oferecer mais conhecimento prático ou por contribuir para a atualização das práticas que o profissional vem adotando.

Por ser um material focado na parte prática, o curso agrega no cotidiano e oferece inúmeros benefícios para sua carreira.

Fonte: Jornal Contábil.

Start typing and press Enter to search